PORTAL
EDUCACIONAL

ACESSAR
CALENDÁRIO
2017

BAIXAR
6 março

Aluno de Direito retomará projeto “Aprendendo com as diferenças”

A Faculdade que mais cresce na região

Cursos autorizados pelo MEC

O graduando do 4º período de Direito da FACEB/Unipac Bom Despacho, Talles Augusto Sídney, que é deficiente visual total, retomará às atividades do seu projeto no dia 10 de março de 2014.

Em 2013 Talles Sídney apresentou seu projeto à vice-diretora acadêmica, Prof.  Samira Maria Araújo que o autorizou a implantá-lo na instituição, a partir do 2º semestre,  cujo tema é: “Aprendendo com as diferenças”,  trata-se de palestras, onde o próprio  aluno discorre sobre a sua história de vida, mensionando fatores educacionais, sociais dentre outros, relacionado à sua deficiência visual, com espaço para que os estudantes possam sanar quaisquer dúvidas ou curiosidades em um espaço aberto para perguntas.

De acordo com Talles Sídney o projeto pretende levar a informação para alunos, professores e colaboradores da faculdade fazendo com que haja uma melhor interação e inclusão dos demais deficientes. Ele explica ainda que a ideia deste projeto surgiu do convite de uma professora do curso de psicologia, Fabiana Paula Ferreira, que o convidou para expor sua rotina diária para seus alunos. “Neste momento percebi que havia uma grande chance deste projeto dar certo’, afirmou Talles.

A atividade propõe a inclusão dos portadores de necessidades especiais ao ambiente acadêmico, em especial, aqueles com problemas de visão, já que o graduando Talles Augusto Sidney Afonso, sendo um portador de necessidade especial como a cegueira, recentemente, percebeu a necessidade de orientar os colegas sobre as dificuldades enfrentadas por ele no dia-a-dia, na faculdade. Durante sua palestra ele dá dicas aos colegas sobre a melhor maneira de se portarem com as pessoas portadoras deste tipo de necessidade, dentre outras.

Segundo o coordenador do curso de Direito da FACEB/Unipac Bom Despacho, Profº Mário César Hamdan Gontijo, a proposta está alinhada ao que determina o novo "estatuto da juventude" (em vigor desde 06/08/2013) em seu art. 1º de que esta lei institui o Estatuto da Juventude e dispõe sobre os direitos dos jovens, os princípios e diretrizes das políticas públicas de juventude e o Sistema Nacional de Juventude - SINAJUVE.

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS