PORTAL
EDUCACIONAL

ACESSAR
CALENDÁRIO
2017

BAIXAR
16 agosto

Discentes do curso de Agronomia visitaram a 9ª Semana de Integração Tecnológica na EMBRAPA Milho e Sorgo/SIT

A Faculdade que mais cresce na região

Cursos autorizados pelo MEC
Alguns graduandos do curso de Agronomia da Faculdade Alis de Bom Despacho participaram de uma visita técnica à Vitrine Tecnológica da 9ª SIT (Semana de Integração Tecnológica) da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária EMBRAPA, Milho e Sorgo, em Sete Lagoas.

A visita, classificada como evento Técnico de Extensão foi sugerida pelos professores e pelo coordenador do curso de Agronomia Prof. Rodrigo Pontes. Em sua 9ª edição e com a presença de um público de mais de 1.500 (mil e quinhentos) participantes em cada ano, a SIT, ocorrida no período de 16 a 20 de maio, com o foco em soluções tecnológicas para otimizar o desenvolvimento regional da agropecuária, foi um sucesso.

O objetivo foi integrar os setores que compõem o segmento agropecuário e beneficiar agricultores, técnicos e estudantes com a socialização do conhecimento de institutos de pesquisa, universidades e demais parceiros", antecipou o pesquisador Derli Prudente Santana, coordenador do evento.

Realizada pela Embrapa Milho e Sorgo em parceira com a Emater-MG, a Epamig, a Universidade Federal de São João del-Rei e a Fundação de Apoio à Pesquisa e ao Desenvolvimento, a SIT deste ano apresentou como diferenciais a abordagem de dois grandes temas que impulsionaram a atividade agrícola da região Central de Minas Gerais: a primeira com orientações para a produção de uma silagem de qualidade, possibilitando alimento para o gado no período da seca, e a segunda sobre as práticas e tecnologias para otimizar a produção leiteira.

A intensificação dos sistemas produtivos, possibilitando alternativas para a recuperação da capacidade produtiva do solo e estratégias para que o produtor consiga conviver com a restrição hídrica, também foi destaque da 9ª SIT. Um seminário específico tratou da intensificação dos sistemas de produção como caminho para a sustentabilidade. Nesse contexto, palestras proferidas por pesquisadores debateram plantio direto e intensificação ecológica em sistemas de produção de grãos; manejo integrado de pragas; sistema de integração lavoura-pecuária; e sistema de integração lavoura-pecuária-floresta.

O público urbano não foi esquecido. Um seminário específico abordou inovações na agricultura urbana e periurbana, trazendo dicas fáceis de seguir para quem cultiva hortas e pomares em pequenas áreas, como em sítios, chácaras e até no quintal de casa.

Os alunos da Faculdade Alis de Bom Despacho, em sua 2ª visita seguida ao evento, puderam participar de várias atividades tais como, visita a Vitrine de Tecnologias da Embrapa Milho e Sorgo. Viram na prática, exemplos de hortaliças não-convencionais, verduras e legumes consumidos antigamente e que quase não encontramos nos dias de hoje. Plantas medicinais e condimentares, além de técnicas sustentáveis para o controle de pragas e doenças nesses cultivos, foram outros atrativos.
Nossos alunos puderam participar de seminários e cursos durante a quinta-feira (19/05). O Seminário que eles assistiram foi sobre o "Encontro Regional sobre Pecuária Leiteira". O secretário-adjunto de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais, Kleber Villela Araújo, falou sobre o "Programa Minas Pecuária: oportunidades para a pecuária de leite e de corte".

Além disso, nossos alunos fizeram cursos sobre a importância dos plantios consorciados para manutenção de biodiversidade dos agroecossistemas; manejo da fertilidade de solos agrícolas; uso de semioquímicos no manejo integrado de pragas agrícolas; fruticultura; operação com plantadora adubadora e distribuidor de corretivos e construções alternativas sustentáveis.

Os alunos foram guiados pelo Dr. Ivênio Rubens de Oliveira da EMBRAPA na Vitrine Tecnológica do evento, demonstrando aos discentes os novos materiais genéticos de milho e sorgo de altíssima produtividade, além de outras técnicas, como o Manejo Integrado de Pragas, com a soltura de inimigos naturais, como Trichogramma spp., que está sendo muito usado na cultura do milho para combater lagartas.

O Dr. Ivênio frisou aos nossos alunos que “o uso de inimigos naturais para combater pragas do milho é uma realidade para os nossos produtores, e, tal tecnologia reduz os custos da lavoura. E que é sempre um prazer receber a Alis de Bom Despacho no evento!!!”

NOTÍCIAS RELACIONADAS