PORTAL
EDUCACIONAL

ACESSAR
CALENDÁRIO
2017

BAIXAR
16 março

No Dia 16 de Março é comemorado o “Dia Nacional da Conscientização sobre Mudanç

A Faculdade que mais cresce na região

Cursos autorizados pelo MEC

Comemora-se hoje, (16/03), o Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas. A data chama a atenção da população para essa questão e também para a necessidade de ações que reduzam o impacto dessas mudanças sobre a Terra.

O aumento da emissão de gases de efeito estufa (GEEs), como o dióxido de carbono (CO2), é considerado a principal causa do aquecimento global e das mudanças no clima. Juntamente com toda a degradação ambiental, a perda de biodiversidade e o desgaste dos recursos naturais no mundo, a emissão desses gases têm causado efeitos importantes na vida do planeta. Já é possível constatar nos últimos anos elevação do nível do mar, derretimento de geleiras, intensificação de tempestades, dos períodos chuvosos e de secas, entre outros fenômenos, que já vêm afetando a vida de milhares de pessoas no mundo. Aliás, os cientistas do IPCC (Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas da ONU) já comprovaram o aumento de 0,8 graus a temperatura média da Terra nos últimos anos e indicam que ela aumentar até 1,5 graus, se as ações de combate às emissões não forem suficientes para reduzir essa elevação.

Nossas árvores, mudanças climáticas e o ar que respiramos:
A relação das árvores com o bem estar coletivo é direta. A perda de cobertura vegetal afeta tanto zona rural como zonas urbanas, estabelecendo um ciclo de ação e consequência. Já é sabido que um dos impactos das mudanças climáticas é a intensificação de períodos de seca e períodos de chuva, que desequilibram o ambiente e o clima.

Na área urbana, a escassez de áreas verdes e intensa ocupação, com construções e impermeabilização de áreas, “sufocam” as áreas verdes que ainda sobrevivem. A mistura de altas temperaturas, elevadas emissões de gases de efeito estufa e falta de áreas verdes faz com que se formem “ilhas de calor” nas cidades.

Nas áreas rurais, a falta de árvores e de cobertura florestal (principalmente em locais de proteção ambiental com nascentes e corpos d´água) causa desgaste do solo, erosão e a consequente falta de água.

Na natureza, tudo está interligado. Por isso, que tal olhar mais e cuidar mais das árvores ao seu redor? No campo ou na cidade elas são extremamente importantes para um ar mais limpo, a produção de água mais pura e em quantidade, a manutenção de um ambiente equilibrado, a produção de alimentos, o hábitat de importantes espécies da fauna, a manutenção e regulação do clima, entre outros elementos fundamentais para a vida de todos.

Como colaborar?
A necessidade de se reduzir emissões de gases de efeito estufa é urgente, com vistas a evitar um aumento ainda maior da temperatura do planeta. As formas apontadas para isso são a ampliação do uso de energias renováveis, melhoria na eficiência energética, nos transportes principalmente em grandes centros urbanos, além de reduzir o desmatamento. O cidadão comum pode contribuir para a redução do aquecimento global e para um melhor enfrentamento das mudanças climáticas. Utilizar os recursos naturais com responsabilidade; fazer melhores escolhas ao consumir bens, pr

NOTÍCIAS RELACIONADAS