PORTAL
EDUCACIONAL

ACESSAR
CALENDÁRIO
2017

BAIXAR
16 setembro

Projeto Alimentação - Direito do Cidadão doa alimentos e promove encontros

A Faculdade que mais cresce na região

Cursos autorizados pelo MEC

Não basta ensinar, tem que dar exemplo. É isso o que a Faculdade Presidente Antônio Carlos de  Bom Despacho e a Faculdade de Educação de Bom Despacho faz com o projeto “Alimentação, Direito do Cidadão”, através do projeto de extensão que atua para garantir uma alimentação rica em nutrientes para famílias carentes, através da responsabilidade social  fazendo seu papel de instituição socialmente responsável no ensino superior particular dando um grande passo para a solidariedade.

O projeto consiste em oferecer uma alimentação rica em nutrientes para famílias carentes da periferia de Bom Despacho/MG através da Responsabilidade Social, contribuindo de forma a desenvolver sua função social no processo de socialização dos conhecimentos numa perspectiva que estabelece a interação com a comunidade da região centro-oeste de Minas, no intuito de promover o desenvolvimento e a inclusão. Agindo assim, a Faculdade assume papel decisório na formação da cidadania.

O projeto desenvolvido pelos alunos dos cursos de Serviço Social, ao longo do tempo agregou outros cursos que viram a oportunidade nesse projeto de atuarem em prol da socialização desta comunidade da periferia, são eles: Nutrição, Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo. Coordenação, professores e alunos destes cursos começaram a arrecadar doações de empresas parceiras, entre supermercados, sacolões e varejões, que forneciam frutas, verduras e legumes para as famílias selecionadas. Hoje o projeto atende a 103 pessoas dos bairros Ana Rosa, Tabatinga, Conjunto Habitacional Geraldo Sabiá, Cruz do Monte, Monte Castelo e Conjunto Habitacional Maria de Melo Queiroz. Tais bairros foram escolhidos, devido à sua alta vulnerabilidade social, sendo que alguns, como o Ana Rosa, por exemplo, apresentam um grande número de casas ocupadas, quilombolas e cujos moradores necessitam de maior acesso à saúde e à previdência.

Devido à complexidade das necessidades, que vão além da questão alimentar, o projeto garante, além da doação semanal de uma média de 13 quilos de legumes da época, reuniões para qualificação sobre higiene pessoal, limpeza dos alimentos, trabalhos para desenvolver a auto-estima e difusão de noções de direito previdenciário, do idoso, criança e adolescente. As reuniões acontecem no dia da entrega dos alimentos no pátio cedido pela igreja Nossa Senhora da Piedade. As crianças dessas famílias, de 2 a 14 anos de idade, também frequentam regularmente as reuniões, foram desenvolvidas atividades especificamente para que elas possam acompanhar melhor o tema, em uma linguagem e metodologia que os envolvam e desperte o interesse.

Este projeto de Responsabilidade Social é uma ação em benefício da sociedade e que enfatiza o compromisso da faculdade com a comunidade para a disseminação do conceito de responsabilidade social.

NOTÍCIAS RELACIONADAS